#

Entidades cobram no Senado melhorias na residência

Representantes nacionais de residentes e estudantes de medicina estiveram no dia 11 de abril no Senado Federal para tratativas sobre o avanço do projeto de lei (PL 157) que dispõe sobre a assistência psiquiátrica e psicológica a ser oferecida a médicos residentes e a alunos de graduação em medicina.

A senadora Maria do Carmo (DEM- BA) , autora do projeto, recebeu os diretores e ouviu propostas da gestão, que permeiam um amplo debate sobre o tema exposto, afim de que seja possível  combater os diversos fatores causais da elevada taxa  de suicídios entre estudantes de medicina e médicos residentes, comprovados  por diversos estudos nacionais e internacionais. Na oportunidade foi iniciado o debate sobre uma possível reforma na lei da residência médica do Brasil, ultrapassada e incongruente com os tempos atuais.

Participaram da reunião com a senadora: o presidente da Associação Nacional do Médico Residente (ANMR) Juracy Barbosa , o vice- presidente da instituição e diretor de Apoio ao Pós- Graduando em Medicina do SIMESC Regional Joinville, Douglas Barbosa, o presidente da Associação dos Estudantes de Medicina do Brasil (AEMED-BR), Pedro Henrique de Souza Tavares e o secretário geral do Instituto Brasil de Medicina(IBDM), Di Lucca.


  •  

EMPREGOS