#

Acadêmicos de Blumenau recebem a visita do Sindicato

Mais de 40 estudantes participaram da reunião organizada pelo Sindicato dos Médicos do Estado de Santa Catarina (SIMESC) na Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) na última quarta-feira (13/10), para apresentar os benefícios da filiação à entidade representativa da categoria e esclarecer dúvidas dos acadêmicos relacionadas à periculosidade da profissão, ao ato médico, às ações judiciais na área, programas de residência e outros temas de interesse dos futuros profissionais.
O presidente do SIMESC, Cyro Soncini, abriu a reunião apresentando os representantes ali presentes - Sonia Bristot (1ª tesoureira), Eliane Soncini (Assuntos Sócio-Culturais) e o advogado Erial Lopes de Haro. Também justificou a ausência da diretoria regional, em reunião no mesmo horário, no Hospital Santo Antônio, de Blumenau. Soncini enfatizou a importância da união dos profissionais na conquista de melhores condições de trabalho e destacou o trabalho voluntário da diretoria da entidade, empenhada neste sentido desde 2001.
A periculosidade da atividade médica foi um dos primeiros temas que vieram à tona na reunião. Na defesa do profissional, Erial lembrou o serviço colocado à disposição do filiado, Defensoria Médica 24 horas. Um advogado pode ser contatado a qualquer hora do dia para esclarecer dúvidas urgentes relacionadas ao ato médico. O tema foi ilustrado com exemplos pontuais de casos atendidos pelo jurídico. O Plantão de Diretoria (um dirigente sindical disponível ao telefone das 11 às 21 horas) também foi apresentado aos acadêmicos, além da possibilidade de atenção nas área contábil, previdenciária e de comunicação. Para a manutenção e ampliação desse leque de serviços oferecidos pela entidade, Soncini lembrou a necessidade de comprometimento dos profissionais e as facilidades de contribuição para os médicos recém-formados, durante e imediatamente após a realização da residência.
Neste sentido, Eliane Soncini, também perguntou aos estudantes sobre as perspectivas para o ingresso a programas de residência e enfatizou a importância da escolhê-lo bem, de acordo com as informações disponibilizadas pelo Ministério da Educação. Erial ainda esclareceu dúvidas sobre a aplicação do Código de Defesa do Consumidor à atividade médica, o consentimento informado e as vantagens de estabelecer uma boa relação médico-paciente.
Ao final da reunião, o presidente do sindicato ainda destacou a parceria entre Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina (CREMESC), Associação Catarinense de Medicina (ACM) e SIMESC. Explicou a importância da regulamentação da Emenda Constitucional 29 (vincula percentuais de investimento por áreas - entre elas a Saúde -, para cada ente federativo, União, estado e município), a luta pela instituição da carreira de Estado para o médico e o grave problema da Judicialização da Medicina.


  • 2af24cabaaf6459f952101215e405fc8.jpg
    2af24cabaaf6459f952101215e405fc8.jpg
  • 11abc62b52ef4e93bd82c2e0bdbeb806.jpg
    11abc62b52ef4e93bd82c2e0bdbeb806.jpg
  • e3cee0408af74270a6cfc758ec1c5a48.jpg
    e3cee0408af74270a6cfc758ec1c5a48.jpg
  • 03e7e1009c0847d48c1981aba952fbc7.jpg
    03e7e1009c0847d48c1981aba952fbc7.jpg
  •